Pílulas da Inteligência: Quais os Melhores Nootrópicos?

Pílulas da Inteligência: Quais os Melhores Nootrópicos?

Nootrópicos, “drogas inteligentes”, estas palavras estão fazendo sua aparição no mundo dos nutracêuticos: mas quem são eles?

Em um mercado global com um crescimento anual previsto de 17,9% para atingir US $ 6 bilhões em 2041, os nootropicos são um assunto cada vez mais discutido do outro lado do Atlântico.

Esta é uma oportunidade para nossa equipe de editores fazer um balanço do assunto: ingredientes, conceito, metas, peneirando através desta tendência.

O que é um nootrópico?

Do grego noos “mente” e tropos “forma” nootropicos são literalmente moléculas que agem sobre o cérebro, ou mais geralmente cognição.

A ambição inicial desses produtos é ajudar os consumidores a usar as partes inexploradas de seu cérebro.

Originalmente, “drogas inteligentes” são drogas desviadas de seu uso inicial para fins de psicoestimulação.

nootropico da Manuela Jobst
Nutri Jobst apresente os melhores nootrópicos

Estas “drogas inteligentes” estão agora dando lugar a uma nova categoria: nootrópicos.

Eles agem modulando o metabolismo dos neurônios e assim permitem um aumento das capacidades cognitivas: memória, aprendizagem, desempenho mental, etc.

Alguns chegam ao ponto de falar sobre a tomada de decisões e o bem-estar geral.

Quem são os nootrópicos?

  • Cafeína: A cafeína é um produto químico natural que aumenta sua atenção, melhora sua atenção e reduz seus tempos de reação.
  • L-Theanina: A L-teanina é um aminoácido encontrado no chá que pode aumentar a sensação de calma e pode estar ligado ao aumento da criatividade. Sua eficácia é ainda maior quando combinada com a cafeína.
  • Creatina: A creatina é um aminoácido que pode melhorar a memória a curto prazo e a capacidade de raciocínio. É mais eficaz em vegetarianos e pessoas que estão estressadas. Doses de 5 gramas por dia têm se mostrado seguras a longo prazo.
  • Bacopa Monnieri: A Bacopa monnieri é um suplemento herbal que demonstrou melhorar a memória e o processamento de informações quando tomado por vários meses.
  • Rhodiola Rosea: Rhodiola rosea é uma erva natural que pode ajudar seu corpo a se adaptar a períodos de alto estresse e reduzir a fadiga mental associada.
  • Panax Ginseng: Doses ocasionais de ginseng Panax podem ajudar a melhorar a função mental, mas é necessária mais pesquisa sobre sua eficácia a longo prazo.
  • Ginkgo Biloba: Algumas pesquisas sugerem que o Ginkgo biloba pode melhorar a memória e o processamento mental e pode ser benéfico em situações estressantes. No entanto, mais pesquisas são necessárias.
  • Nicotina: A nicotina é um produto químico natural que aumenta a atenção, a atenção e as funções motoras. No entanto, é viciante e tóxica em altas doses.
  • Noopept: Noopept é um nootrópico sintético de ação rápida que pode melhorar a memória ao aumentar os níveis de BDNF em seu cérebro. Entretanto, é necessária mais pesquisa de base humana.
  • Piracetam: Piracetam é comercializado como um suplemento nootrópico, mas faltam pesquisas que apóiem sua eficácia.

Conclusão

Os nootrópicos são drogas utilizadas para melhorar suas habilidades cognitivas, podendo melhorar sua concentração, aumentar sua criatividade, diminuir seu cansaço e melhorar sua fala em público.

Até agora não apresentaram nenhum efeito colateral, sendo um tipo de medicamento considerado seguro mas que pode causar um leve vício.

Seu público alvo são os jovens trabalhadores e os estudantes, pois eles buscam jeitos de otimizar suas vidas, os mantendo focados e energéticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *